Seguidores

terça-feira, 19 de outubro de 2021

LIVRO

Você que gosta de ler o tema cangaço procura com urgência os bons livros da escritora Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros, adquirindo com o professor Pereira, através destes endereços:

franpelima@bol.com.br ou pelo Whatsapp 83 9 9811 8286. 

É uma escritora de nome e renome no que diz respeito ao estudo cangaceiro.

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

FUNA DE LAMPIÃO

Acervo: Giovane Gomes

Localizada na Serra do Cruzeiro em Tacaratu-PE. Encontrar a Funa de Lampião na década de 20, o Cangaceiro-mor a intermédio do Coronel Ângelo da Jia, atacou o Cangaceiro Manoel Vitor na cidade de Tacaratu-PE, sobre forte fuzilaria Lampião assassinou o irmão de Manoel Vitor. Local estratégico Lampião observava todas as movimentações das volantes na cidade , certa vez a Volante de Odilon Flor estava na região, o próprio Lampião instruiu seus cangaceiros a ficarem em alerta , pois sábia da coragem e ódio que o Volante Odilon nutriar por ele. Fato interessante que o casal de cangaceiro Moreno e Durvinha viveram vários dias acampado nessa funa, quando ela estava em avançado estado de gravidez , acharam seguro procura outro coito seguro. Atualmente um lugar de muita devoção e fé , todos os anos centenas de pessoas subem a serra para a missa da Semana Santa.



https://www.facebook.com/groups/179428208932798

http://blogdomendesemendes.blogspot.com


  

POR QUE ACABARAM COM OS PASTORIS DE BAIRROS?

Por José Mendes Pereira

Pastoril era uma dança que acontecia em todas as cidades do Brasil, formado por um pequeno palco, com espaço para abrigar de seis a oito moças, conhecidas por pastoras ou pastorinhas, as quais dançavam com cavalheiros que pagavam o espetáculo.

Geralmente, o palco era montado sobre a calçada ou em frente a casa do encarregado (dono), feito com tábuas e bem protegido com cordas enfeitadas, e nele, estava o apresentador, mais as pastorinhas, que apareciam ao público com roupas curtas e enfeitadas com brilhos, deixando-as bem à vontade e sensuais, e algumas delas, via-se um pouco das suas nádegas.

As realizações dos shows eram bem animadas, através de um bom sanfoneiro, um triângulo e um pandeiro. E ali, os jovens ou mesmo senhores de idades avançadas, formavam grupos de três ou quatro amigos, no intuito de concorrerem com outros grupos de homens, os aconchegos das pastorinhas sobre o palco, e serem admirados pelos os olhares dos que apreciavam de fora o espetáculo. E o grupo de cavalheiros que oferecesse mais dinheiro para dançar uma música tocada pelo sanfoneiro, iria dançar com as pastorinhas.

Confirmado o valor que os dançadores pagariam por uma rodada sobre o palco, com as pastorinhas, o sanfoneiro puxava o fole do acordeom, e os homens balançavam os seus esqueletos sobre o enfeitado palco. O balanço poderia ser com uma só dançarina. Mas no decorrer da música que estava sendo tocada, eles podiam trocar de pastorinhas entre si, ou ainda usar as que ficavam paradas, por falta de dançadores.

Em anos remotos eram comum os pastoris pelos bairros de Mossoró, como: Alto de São Manoel, Bom Jardim, Pereiros, Alto da Conceição, Santo Antonio, Bairro do Alto do Xerém, etc. E quem mais se destacou em Mossoró como proprietário de pastoril, foi um senhor conhecido por Juarez do Xerém, que desde muito jovem criara o seu grupo de pastorinhas, para animar as noitadas do seu bairro Alto do Xerém.

Juarez do Xerem - Foto do acervo do Lindomarcos Faustino

Já em São Miguel, no Rio Grande do Norte, segundo o historiógrafo e pesquisador do cangaço, o Rostand Medeiros quem mais se destacou no pastoril foi a Dona Sofia grande incentivadora do pastoril de São Miguel, quando levava outros grupos para animarem mais ainda os participantes e os que apreciavam este divertimento.

Dona Sofia - foto do acervo Rostand Medeiros - http://tokdehistoria.wordpress.com/

Mas com o passar dos anos, os pastoris foram desaparecendo dos bairros de Mossoró, devido a grande mudança que aconteceu com a juventude, quando muitas moças enfrentaram os seus carrascos pais, e adquiriram liberdades, e passaram a dançar em clubes, em casas noturnas, etc.

Nos dias de hoje, este divertimento não mais se ver pelos bairros de Mossoró, e nem em cidade nenhuma do Brasil. Infelizmente o pastoril foi desativado de uma vez por toda, apenas memorizado nas mentes de quem participou ou presenciou este divertido mundo que era pastoril.

Será que o pastoril voltará algum dia a animar os bairros de Mossoró, ou de outras cidades brasileiras, apresentando novas pastoras? Certamente que não. O pastoril teve a sua fase e viveu por muito e muitos anos. Mas a evolução e a explosão da juventude, fizeram com que este espetáculo passasse a ser apenas adormecido. Já foi ou já era.

Mas quem sabe, algum dia, alguém possa acordá-lo do seu profundo sono e levá-lo a viver novamente em todas as cidades do Brasil.

Minhas simples histórias

Se você não gostou da minha historinha não diga a ninguém, deixa-me pegar outro.

http://jmpminhasimpleshistorias.blogspot.com.br/.../por...

http://josemendespereirapotiguar.blogspot.com.br

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

DELMIRA COMPANHEIRA DO CANGACEIRO CALAIS.

 Por Rubens Antonio

Reconstituindo, aos poucos, mais uma imagem de Delmira, a cangaceira de Santa Rosa de Lima, Jaguarari, companheira do cangaceiro Calais, de Macururé.

https://www.facebook.com/photo/?fbid=6564348030272102&set=a.4837797889593800

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

A CASA DE LAMPIÃO EM POÇO REDONDO.

 Por Rangel Alves da Costa

Na esquina da atual Praça da Matriz com Rua Deoclides Lucas estava situada esta imponente moradia. Acima da porta, a insígnia com as iniciais do proprietário: “TA”. Tratava-se Teotônio Alves, ou Teotônio Alves China, ou ainda China do Poço, esposo de Marieta Alves de Sá, ou a tão recordada Mãeta. Eram meus avôs maternos. Foi nesta moradia que em 1929, na primeira vez que pisou em Poço Redondo, que Virgulino Lampião repousou em sua passagem sertões adentro. No seu interior se deu o lendário encontro com o Padre Arthur Passos. Para vexame dos proprietários, era o inesperado encontro da cruz e da espada, da religiosidade e do cangaceirismo. Inicialmente, o padre mostrou-se enraivecido perante a presença de Lampião, dizendo que era uma afronta um homem de Deus ser acordado por um cangaceiro batendo à porta, mas tudo acabou em brinde com vinho de jurubeba. Na mesa grande o vigário e o cangaceiro dividiram buchada de bode e outras paneladas sertanejas. Em seguida, naquele 19 de abril de 1929, a missa celebrada na igrejinha logo adiante e a presença da cangaceirama perante o sagrado altar. Atualmente, a igreja, completamente reformada, é a matriz de Poço Redondo, e a casa grande de China não existe mais. Infelizmente.

https://www.facebook.com/groups/179428208932798

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

 

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS E ARTES DO CANGAÇO

 Por João de Sousa Lima

Na Grota do Angico com Expedita Ferreira, filha de Lampião e Maria Bonita...

https://www.facebook.com/photo/?fbid=4595190980501684&set=a.414751525212338

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

LÍDIA DE ZÉ BAIANO EM FOTO? | CNL | 488

 

https://www.youtube.com/watch?v=4Ns64S4834U&ab_channel=OCanga%C3%A7onaLiteratura

O Cangaço na Literatura

Documentário completo https://youtu.be/g6n2ia1Bb04

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

 

LIVRO

  Por José Mendes Pereira

Você que gosta de ler o tema cangaço procura com urgência os bons livros da escritora Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros, adquirindo com o professor Pereira, através destes endereços:

franpelima@bol.com.br ou pelo Whatsapp 83 9 9811 8286. 

É uma escritora de nome e renome no que diz respeito ao estudo cangaceiro.

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

NOVO LIVRO NA PRAÇA

 Por José Mendes Pereira


Recentemente o escritor e pesquisador do cangaço Guilherme Machado lançou o seu trabalho sobre o mundo dos cangaceiros com o título "LAMPIÃO E SEUS PRINCIPAIS ALIADOS". 

O livro está recheado com mais de 50 biografias de cangaceiros que atuaram juntamente com o capitão Lampião. 

Eu já recebi o meu e não só recebi, como já o li. Além das biografias, tem fotos de cangaceiros que eu nem imaginava que existiam. São 150 páginas. Excelente narração. Conheça a boa narração que fez o autor. 

Pesquisador Geraldo Júnior

Prefaciado pelo pesquisador do cangaço Geraldo Antônio de Souza Júnior. Tem também a participação do pesquisador Robério Santos escritor e jornalista. Duas feras no que diz respeito aos estudos cangaceiros.

Jornalista Robério Santos

Não deixa de adquiri-lo. Faça o seu pedido com urgência, porque, você sabe muito bem, livros escritos sobre cangaços, são arrebatados pelos leitores e pelos colecionadores. Então cuida logo de adquirir o seu! 

Pesquisador Guilherme Machado

Adquira-o através deste e-mail: 

guilhermemachado60@hotmail.com

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

FOTO DO CANGACEIRO BEM-TE-VI


Não sei a quem pertence a foto do cangaceiro, mas me parece pertencer ao pesquisador Robério Santos.

http://blogdomendesemendes.blogspot.com
 

FOTO DO CANGACEIRO BEM-TE-VI | CNL | 605

 Por O Cangaço na Literatura

https://www.youtube.com/watch?v=K7H6f_BeAoM&ab_channel=OCanga%C3%A7onaLiteratura

BEM-TE-VI (PARTE 1) https://youtu.be/cy8SoM-4EIs BEM-TE-VI (PARTE 2) https://youtu.be/-owxJsEEej8 BEM-TE-VI (PARTE 3) https://youtu.be/I9Er1gEreB4 BEM-TE-VI (PARTE 4) https://youtu.be/93aQpFKy5sI Foto para Download https://www.instagram.com/p/CGSpTltBvwX/

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

CARNE DE SOL

 Clerisvaldo B. Chagas, 18/19 de outubro de 2021

Escritor Símbolo do Sertão Alagoano

Crônica: 2.597

A faca enorme e afiada cortava carene como se fosse manteiga. Salão com dois ou três cochos grandes, era cenário da salgadeira do senhor conhecido como Otávio Magro. As mantas de carne repousavam nos cochos dentro da salmoura. Algumas peças ficavam penduradas na parede em ganchos de ferro como amostras daquela delícia. Foi a única salgadeira de fabricar carne de sol, em Santana do Ipanema que eu conheci. Ficava a salgadeira na Rua Antônio Tavares, esquina do beco que fazia ligação com a rua de baixo, Rua de Zé Quirino, hoje prof. Enéas. Era ali, defronte a casa do sargento Leôncio, do outro lado da via que se comprava carne de sol.  O povo jogava lixo por trás da salgadeira e que descia até a rua de baixo, malgrado à fábrica de carne de sol, de um lado, e uma fábrica de vinagre do outro.

Neste momento em que me delicio com um naco de carne de sol, carne preta, como diz o meu netinho Davi, fã dessa iguaria, à semelhança do bisavô Manezinho Chagas. A pedido do meu pai, anos 60, lá ia eu até à salgadeira do senhor Otávio comprar carne que era enrolada à mão e embrulhada em papel comum. Em casa a carne iria para o varal, secar ao Sol, enquanto eu a vigiava com um cabo de vassoura contra ataques de possíveis urubus. Hoje não existe mais o beco. Foi transformado em residência, embora tenha sido formada uma rua de ligação entre ambas, bem vizinho. Após o fechamento da salgadeira, não conheci até hoje nova fabriqueta em nossa cidade.

Marchantes e comerciantes alegam muito trabalho e demora na venda pelo alto custo do produto bem feito. Ensinam, porém, a você fazer sua própria carne de sol, sem levar ao Sol e usando geladeira. É fácil e fica muito gostosa, mas não é a original fabricada pelos nossos antepassados. Mais uma relíquia sertaneja que poderia gerar emprego e exportar o produto como acontece no Pernambuco, em São Caetano. Você poderá encontrar a carne de sol num restaurante à Rua Delmiro Gouveia, deliciosa, mas não espere que seja na fórmula original com o Sol sertanejo. Assim vamos matando a vontade com o produto feito em casa com quem aprendeu com o famoso marchante e fazendeiro, saudoso Eufrásio Militão.

Na verdade, era muito melhor quando carne de sol se escrevia com hífen. Você até pode chamar de carne de geladeira.

Sertão em festa!

PRATO DE CARNE DE SOL (IMAGEM DE AUTOR NÃO IDENTIFICADO).

http://clerisvaldobchagas.blogspot.com/2021/10/carne-desol-clerisvaldob.html

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

MOSTRA A SUA CARA...

Por José Mendes Pereira 

https://www.youtube.com/watch?v=o1E2Q6D9OME&ab_channel=AlbertoNogueira

Ei amigos, durante esta pandemia muita gente envelheceu bastante por trás da máscara. Eu nem pretendo tirá-la mais.

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

domingo, 17 de outubro de 2021

CANGACEIRO COCADA i

 Por Cangaçologia

https://www.youtube.com/watch?v=mX3vgfAERkI&ab_channel=Canga%C3%A7ologia

Biografia do primeiro cangaceiro Cocada que integrou o bando de Lampião durante a primeira fase do cangaço lampiônico e que esteve presente em momentos importantes do ciclo do cangaço, porém pouco conhecido até mesmo de estudiosos do assunto. Assistam e conheçam um pouco a respeito da trajetória desse cangaceiro. Ao final deixem seus comentários, críticas e sugestões. INSCREVAM-SE no canal e ATIVEM O SINO para receber todas as nossas atualizações e publicações. Forte abraço! Atenciosamente: Geraldo Antônio de S. Júnior - Criador e administrador dos canais Cangaçologia, Cangaçologia Shorts e Arquivo Nordeste. Seja membro deste canal e ganhe benefícios: https://www.youtube.com/channel/UCDyq...

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

VEJA O DESTINO DE TODAS CANGACEIRAS DE LAMPIÃO

Por Histórias da Vida Real 

https://www.youtube.com/watch?v=u9Cj-qanJlI&ab_channel=Hist%C3%B3riasdaVidaReal

VEJA O DESTINO DE TODAS CANGACEIRAS DE LAMPIÃO, Nem todas as cangaceiras tiveram a sorte de saírem vivas do cangaço, algumas viveram com seus pares cangaceiros, outras fugiram do nordeste sozinhas, outras foram executadas por traição ao marido... enfim os destinos dessas mulheres foram bem diferentes. SEJA MEMBRO, AJUDE O CANAL: APENAS 5 REAIS POR MÊS: https://www.youtube.com/channel/UCD8q... #historiasdavidareal #historiasdelampião Contato: artehoraciomoura@gmail.com

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

MILONGA #23 - ROBERIO SANTOS (CANGAÇO NA LITERATURA)

 Por Milonga Podcast

https://www.youtube.com/watch?v=RioB9m3uLWk&ab_channel=MilongaPodcast

http://blogdomendesemendes.blogspot.com


COMO OS EX-CANGACEIROS SILA E ZÉ SERENO FORAM LOCALIZADOS APÓS O CANGAÇO?

 Por Cangaçologia

https://www.youtube.com/watch?v=V6tts3tQsqg&ab_channel=Canga%C3%A7ologia

Conheçam também: https://www.youtube.com/channel/UCjSU... Quer saber como o casal cangaceiro Sila e Zé Sereno foi localizado trinta anos após o fim do cangaço? Assista o vídeo. Seja membro deste canal e ganhe benefícios: https://www.youtube.com/channel/UCDyq... Assistam e ao final deixem seus comentários, críticas e sugestões. INSCREVAM-SE no canal e ATIVEM O SINO para receber todas as nossas atualizações. Forte abraço... Cabroeira! Atenciosamente: Geraldo Antônio de Souza Júnior - Criador e administrador do canal.

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

ANGICO EU SOBREVIVI PARTE ii

 Por Aderbal Nogueira

https://www.youtube.com/watch?v=iGkT23rBfOc&ab_channel=AderbalNogueira-Canga%C3%A7o

Segunda parte do vídeo-documentário onde Sila conta como entrou no cangaço, o combate de Angico, o encontro com Adília e o preconceito que seus filhos sofreram por causa do seu passado. Link desse vídeo: https://youtu.be/iGkT23rBfOc

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

MARTHA MENEZES

Filha da ex-cangaceira Dulce Menezes.

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

CANGAÇO - ONDE FOI PARAR O OURO DE DADÁ E CORISCO

 Por Aderbal Nogueira

https://www.youtube.com/watch?v=8iXJLBVVrJw&t=410s&ab_channel=AderbalNogueira-Canga%C3%A7o

Um breve relato sobre o espólio de Corisco e Dadá. Link desse vídeo: https://youtu.be/8iXJLBVVrJw

http://blogdomendesemendes.blogspot.com


O FENÔMENO LAMPIÃO

 Por Contos do Cangaço

https://www.youtube.com/watch?v=JZHxe21PeHI&ab_channel=ContosdoCanga%C3%A7o

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

ENTREVISTA COM DADÁ MULHER DO CANGACEIRO CORISCO 1/2

 Por Kinko Pelegrine

https://www.youtube.com/watch?v=8XALV0HNzuM&ab_channel=KinkoPelegrine

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

CANGAÇO - ANGICO EU SOBREVIVI_ PARTE 1

 Por Volta Seca

https://www.youtube.com/watch?v=-rtGQlBsE0Y&ab_channel=AderbalNogueira-Canga%C3%A7o

Primeira parte do vídeo-documentário onde Sila conta como entrou no cangaço, o combate de Angico, o encontro com Adília e o preconceito que seus filhos sofreram por causa do seu passado. Link desse vídeo: https://youtu.be/-rtGQlBsE0Y

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

sábado, 16 de outubro de 2021

CANTA COMIGO

https://www.facebook.com/photo?fbid=4524198594335964&set=gm.1865076730338916

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

 Acervo do Bero Rueda

Soldado Benjamin Silvino do Nascimento.

Perseguiu os cangaceiros na região do Raso da Catarina(BA), de 1930 a 1938.

Fonte:

LIMA, João de Sousa. Lampião, o cangaceiro! suas ligações com coronéis baianos, raso da catarina e outras histórias. Paulo Afonso: Fonte Viva, 2015.

https://www.facebook.com/groups/179428208932798

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

IRMÃ DE MARIA DE JURITI

 Por Manoel Belarmino

Dona Tide da Curituba(Erotides Jerônimo dos Santos), irmã de Maria de Juriti (Maria Jerônimo dos Santos). No tempo do Cangaço, Tide, muitas vezes, quando das andanças de Lampião em Canindé, penteou os cabelos de Maria de Déa e também da sua irmã Maria de Áurea, companheira do cangaceiro Juriti.

https://www.facebook.com/groups/179428208932798

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

ASCRIM

 ASCRIM/ACADEM PRESIDENCIA –”ESPETÁCULO O “EMPRESÁRIO” ÓPERA CÔMICA DE W. A. MOZART EM 1 ATO, DIRIGIDO POR CLÁUDIA MAX”: OF. Nº 045/2021.    

    

MOSSORÓ-RN, 10 de outubro de 2021.     

  

“Quando nos propomos apoiar um evento cultural, na melhor brevidade, nos reportamos com dignidade e honra !   

 

- REFERENCIAL DE APOIO MIDIÁTICO LOGÍSTICO - 

 

REENVIADO A PEDIDOS 

 

“RECEBES ESTE EXPEDIENTE PORQUE A ASCRIM O(A)VALORIZA E RESPEITA, PELO ALTO NÍVEL DE QUEM TEM O PRESTÍGIO DE SER ASSIM CONSIDERADO(A).”     

     

 

   É PECULIAR DESTA PRESIDÊNCIA, QUANDO EVENTOS DE MAGNITUTUDE PIONEIRA ASSOMAM OS PORTAIS DO INEDITISMO CULTURAL,  

    AS ECLÉTICAS DIVULGAÇÕES  DOS ENTUSIASTAS DA LITERATURA, ESPECIALMENTE DA LITERATURA MUSICAL, EXEMPLO QUE NOTABILIZA O VIÉS DE UM  INTELECTUAL CORRESPONDER A ESSE ECLETISMO, PORQUE SABE A DIFERENÇA ENTRE O LIAME DA PARTILHA E DO PRESTÍGIO QUE ASCENDE E CRESCE, NO INTERCÂMBIO DOS QUE RESPEITAM OS ABNEGADOS DEFENSORES DA CULTURA MOSSOROENSE.    

   NESTA SINTONIA, UMA DIVULGAÇÃO DE EVENTOS CULTURAIS/SOLENES E A CONFIRMAÇÃO, PERMUTADA, RECÍPROCA DOS PARTICIPANTES E ENTIDADES SINGULARES, MERECE E FUNCIONA COMO UM “FEEDER”, EVIDENTE, REPASSADO A TODOS OS ACADÊMICOS E INTEGRANTES DE SEUS CORPOS ADMINISTRATIVOS/SOCIAIS, PELO SEU PRÓPRIO DIRIGENTE, CUJO ESSE FEEDBACK ALIMENTA, NATURALMENTE, O FERVOR E A CONSIDERAÇÃO EM QUE SINGRAM OS INTELECTUAIS E SERVIDORES   DESSAS PLÊIADES.    

     

   DESTA FORMA, AGRADECENDO PELA OPORTUNIDADE DE CONTRIBUIR COM A DIVULGAÇÃO MIDIÁTICA, RESERVAMO-NOS ATRIBUIR MESMO VALOR DE PARTILHA, AZO QUE NOS GARANTE PARTICIPAR DO :   

 

 1º TRABALHO PIONEIRO E DE EXCELÊNCIA, FOMENTANDO O ARTÍSTICO-MUSICAL DO CANTO LÍRICO EM MOSSORÓ, QUE DESTACA A PRODUÇÃO DA COMPANHIA LYRICUS, PELA INTREPIDEZ, EXPERIÊNCIA JÁ RECONHECIDA NO CENÁRIO DOS GRANDES ESPETÁCULOS DA MÚSICA UNIVERSAL DE TODOS OS TEMPOS, NESTA E EM OUTRAS CIDADE, INSERINDO NO CONTEXTO UM ELENCO DE NOTABILIDADE IMPAR: 

 

ESPETÁCULO O “EMPRESÁRIO” ÓPERA CÔMICA DE W. A. MOZART EM 1 ATO, DIRIGIDO POR CLÁUDIA MAX 

”SINOPSE - Este espetáculo trata das agruras de um empresário as voltas com duas primadonas excêntricas, estressadas, vaidosas e enlouquecidas, para obter um papel em uma grande produção musical”. 

 

Dias 15/10/21 (sexta), 16 e 17 de outubro AS 20HS – NO TEATRO LAURO MONTE FILHO - MOSSORÓ(PRAÇA VIG. ANTONIO JOAQUIM EM FRENTE A CATEDRAL DE SANTA LUZIA). 

   

        PORTANTO, REPASSAMOS, COM SATISFAÇÃO, O ASSUNTO DO ALVO COMUNICADO, DE IGUAL MODO, POR CÓPIA, A0S INSIGNES DIGNITÁRIOS ELENCADOS NO “POST SCRIPTUM”, -OS QUE DISPONIBILIZARAM, GENEROSAMENTE, SEUS ENDEREÇOS ELETRÔNICOS, POR SER DO INTERESSE, CLARO, DOS MESMOS-, TOMAREM CONHECIMENTO E DIGNAREM-SE, DO SEU MISTER, CONFIRMAR SUAS HONRADAS PRESENÇAS, SE ADMITIDOS, JUNTAMENTE COM AS EXCELENTÍSSIMAS FAMÍLIAS CONSORTES.      

    CONVIDANDO OS ACADÊMICOS E POTENCIAIS CANDIDATOS DA ASCRIM E DA RECÉM FUNDADA ACADEMIA DE ESCRITORES MOSSOROENSES-ACADEM, SOLICITAMOS COMPARECEREM E SE APRESENTAREM COMO TAIS NO EVENTO SUPRAMENCIONADO, DEVEM USAR, RESPECTIVAMENTE, AS INSÍGNIAS OFICIAIS  (MEDALHÃO) DA ASCRIM, , ATRIBUTO SIGNATÁRIO DO DECORO INTELECTUAL E ORGULHO DA MORAL QUE ASSIM OS IDENTIFICA, ENTRE OS PARES, EM ATIVIDADES CULTURAIS DESSA GRANDEZA.    

     

     

SAUDAÇÕES ASCRIMIANAS,  

  

FRANCISCO JOSÉ DA SILVA NETO  

-PRESIDENTE DA ASCRIM E ACADEM  

  

MARIA GORETTI ALVES DE ARAÚJO  

-VICE-PRESIDENTA INTERINA DA ASCRIM-  

 

P.S.: 1. CONSIDERANDO A ESSÊNCIA DA HUMANIDADE INTELECTUAL, INSERIDA NA REPRESENTATIVIDADE DE TODOS SEGMENTOS SOCIAIS ABAIXO RELACIONADOS, ENCAMINHA-SE ESTA CÓPIA ORIGINAL, EM CARÁTER PESSOAL DIRETO AOS  INSIGNES DIGNITÁRIOS:    

      

EXCELENTÍSSIMO(A)S PRESIDENTES, DIRIGENTES E AUTORIDADES DE ENTIDADES GOVERNAMENTAIS, JURÍDICAS, MAÇONICAS E MILITARES.    

REVERENDÍSSIMO(A)S PRESIDENTES, DIRIGENTES E AUTORIDADES DE ENTIDADES RELIGIOSAS.    

MAGNÍFICOS REITORES E AUTORIDADES DE UNIVERSIDADES.    

EXCELENTÍSSIMO(A)S PRESIDENTES DE ENTIDADES E INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS.    

EXCELENTÍSSIMO(A)S PRESIDENTES DE ENTIDADES CULTURAIS E INSTITUIÇÕES CONGÊNERES.    

EXCELENTÍSSIMO(A)S PRESIDENTES DE ENTIDADES EDUCACIONAIS E INSTITUIÇÕES CONGÊNERES.    

ILUSTRÍSSIMO(A)S DIRIGENTES DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS, EDUCACIONAIS E DE CIDADANIA.    

ILUSTRÍSSIMO(A)S JORNALISTAS E COMUNICADORES.    

DIGNOS ACADÊMICO(A)S DE ENTIDADES CULTURAIS E INSTITUIÇÕES CONGÊNERES.    

DIGNOS ACADÊMICO(A)S DA ASCRIM E DA ACADEM.    

DIGNOS POTENCIAIS CANDIDATO(A)S A ACADÊMICO(A)S DA ASCRIM E DA ACADEM  


Enviado pela ASCRIM


http://blogdomendesemendes.blogspot.com